- Marinha linha tempo Porta Aviões

PORTA AVIÕES – KAGA

KAGA (Tradução – província de mesmo nome).

MÊS / ANO – AÇÕES

06.12.1920 Japão. Iniciada a construção do então “Cruzador de batalha” KAGA.

13.12.23 Japão. Ainda em construção, iniciada a conversão para “porta aviões”.

1929 Japão. Incorporado a frota.

1932 Mar da China. Apoio as operações do Exército.

20.10.33 a 06.1935 Japão, Sasebo. Passa a “reserva de segunda classe”. Considerado inferior ao AKAGI devido a menor velocidade, pequeno convés de vôo e arranjo deficiente da chaminé, decide-se pela sua reconstrução. Passa a condição de “na reserva”. A reforma incluí a retirada do segundo convés e torres de artilharia nele existentes, o alongamento do convés de voo, adição de um terceiro elevador (meia nau), substituição do sistema de cabos de aterrissagem e modernização geral.

11.1935 Finalizada a modernização e retorno ao serviço.

1937 a 1939 Mar da China. Operações de apoio ao Exército.

11.1940 Sasebo. Revisão completa. O convés de voo recebe reforço estrutural sendo alargado. O hangar recebe modificações que permitem operar a nova geração de aeronaves, a ponte de comando é modernizada e a AAA é incrementada. Grupo aéreo passa a ser de 12 caças Mitsubishi A5M4, 24 Aichi D1A2 bombardeiros e 36 Yokosuka B4Y1 torpedeiros. Outras 18 aeronaves podem ser acrescentadas dependendo das características da missão.

01 a 11.1941 Japão. Operações no Mar Interior.

11.1941 Japão / Hittokappu Bay. Junta-se a força de ataque a Pearl Harbor. Seu grupo aéreo é composto de 18 caças Mitsubishi A6M2 “ZERO”, 27 Bombardeiros / torpedeiros Nakajima B5N2 “Kate” e 27 bombardeiros de mergulho Aichi D3A1 “Val” .

07.12.41 Pearl Harbour. Força de ataque.

02.1942 Java:

> 09 Palau. Preparando-se para zarpar para campanha de Java, sua proa roça em um recife. Reparos provisórios são feitos e o navio permanece operacional. Posteriormente esta avaria aliada a necessidade de revisão nas máquinas faz com que a dupla AKAGI / KAGA seja substituída nas operações contra Port Moresby pelos SHOKAKU / ZUIKAKU que acabaram se envolvendo na batalha do Mar de Coral.

> 25 Apoio a invasão.

> 27 Mar de Java. Prepara-se para lançar ataque contra o AV 3 USS LANGLEY, mas esta a embarcação é afundada por aeronaves terrestres antes que o ataque seja lançado.

03.1942 Java:

> 01 Operações de limpeza na costa sudoeste de Java.

-12:40 h CV’s KAGA e SORYU lançam ataque contra navio mercante inimigo avistado ao meio-dia. (AO 6 USS PECOS).

– 13:27 as13:30 h Aviões de KAGA atacaram o PECOS. Reivindicam um ataque direto e oito quase impactos.

– 17:18 h PECOS afundou. Aviões KAGA podem contar apenas um impacto certeiro, dos 12 reivindicados.

– 17:45 h Navio de guerra inimigo, identificado como cruzador leve, avistado. Escolta de superfície do KAGA altera curso e em combate naval afunda o navio inimigo, mais tarde identificado como o DD 219 USS EDSALL, aparentemente buscando resgatar a tripulação do USS PECOS. O combate de superfície é surpreendentemente ineficaz e, apesar da crescente escuridão, é necessário lançar ataques aéreos.

– 18:15 h aviões KAGA decolam para um ataque noturno contra USS EDSALL, em fuga. KAGA lança oito bombardeiros de mergulho. Atingem o alvo em trinta minutos. Os bombardeiros de KAGA reivindicam cinco impactos do SORYU três e do HIRYU um.

– 19:01h USS EDSALL emborca e afunda. CA CHIKUMA resgata 8 sobreviventes.

> 05 Tjilatjap Ataque aéreo com 27 B5N2 “Kate” e 9 A6M2 “Zero”. Nenhuma perda na força de ataque.
Bombardeiros do KAGA alegam danos pesados ​​a um grande navio mercante.

Após as operações em Java retorna ao Japão para reparos nas máquinas.

04.06.19 Batalha Aeronaval de Midway.

10:22 h Ataque aéreo americano atinge o navio, quatro impactos, causando explosões induzidas entre os aviões torpedos armados e abastecidos que estão no convés de vôo e no hangar, agravados por artefatos explosivos (bombas e torpedos) não guardados nos paióis de munição, iniciando um violento incêndio na gasolina da aviação.

Uma das bombas destruiu a ponte, matando a maioria dos oficiais incluindo o Capitão Okada, o Capitão Kawaguchi Masao (navegador), Cdr. Kodota Kazuharu (oficial de Artilharia) e o LtCdr. Miyano Tosaburo. Como resultado, o KAGA fica com apenas oficiais subordinados sobreviventes de controle de danos (pessoal inexperiente) e aviadores para combater os incêndios que logo estão fora de controle. Obrigado a mudar para a sala de direção de emergência.

19:25 h Irrecuperavelmente avariado é afundado pelo DD HAGIKAZE, seu escolta . Perda de 811 tripulantes. No transcurso da batalha foi atacado, sem sucesso, pelo SS USS NAUTILUS.

GLOSSÁRIO: AAA > Artilharia Anti Aérea     DD > Destróier     SS > Submarino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *